A teoria da desconsideração da personalidade jurídica e sua aplicação na execução trabalhista e fiscal

Autores

  • Mateus Mantovani Sorgatto

Palavras-chave:

Desconsideração da Personalidade Jurídica, Sociedade Limitada, Execução Trabalhista, Princípio da Proteção, Execução Fiscal, Responsabilidade Tributária, Responsabilidade de Terceiros com Atuação Irregular

Resumo

A teoria da desconsideração da personalidade jurídica é o instituto em que apenas se afasta o véu da pessoa jurídica, desconsiderando a autonomia patrimonial e redirecionando a execução contra o patrimônio dos sócios. Essa teoria se divide em duas vertentes, a maior, disposta no art. 50 do Código Civil, que prevê alguns requisitos para sua aplicação. E a menor, cujo mero inadimplemento das obrigações é suficiente para que se possa desconsiderar a personalidade jurídica das sociedades personificadas. Baseando-se no princípio da proteção do trabalhador, na execução trabalhista, optou-se por se utilizar da teoria menor da desconsideração. Já na execução fiscal, para que seja possível a aplicação da teoria da desconsideração da pessoa jurídica, devem estar demonstrados os requisitos do art. 135 do CTN.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-10

Como Citar

SORGATTO, M. M. A teoria da desconsideração da personalidade jurídica e sua aplicação na execução trabalhista e fiscal . Revista da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 10, p. 239–266, 2014. Disponível em: https://revista.defensoria.rs.def.br/defensoria/article/view/106. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Convidados