Estrutura social e anomia

aspectos da criminalidade contemporânea, analisados a partir de obras de durkheim, merton e yougan7

Autores

  • Domingos Barroso Da Costa

Palavras-chave:

Estrutura social, Criminalidade, Capitalismo de consumo, Anomia, Sistema penal

Resumo

Desvios e, logo, crimes são comportamentos normais em qual-quer agrupamento social, como concluiu Durkheim. Porém, isso não quer dizer que o aumento crescente dos índices de criminalidade não seja sintoma de um estado patológico da sociedade em que tenha sido constatado. Indica, sim, que as causas do fenômeno devem ser procuradas, primeiramente, na própria estrutura social em que se manifesta, como sugeriu Merton. A partir dessas considerações e do trabalho desenvolvido por Jock Young, procura-se descor-tinar a complexidade do fenômeno crime e a falácia dos discursos que pregam seu controle a partir de pura repressão, os quais expõem, em seu reverso, o emprego do sistema penal como instrumento a serviço de estratos dominantes, na gestão das contradições do capitalismo de consumo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-02-15

Como Citar

BARROSO DA COSTA, D. . Estrutura social e anomia: aspectos da criminalidade contemporânea, analisados a partir de obras de durkheim, merton e yougan7. Revista da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 6, p. 79–100, 2022. Disponível em: https://revista.defensoria.rs.def.br/defensoria/article/view/465. Acesso em: 15 jul. 2024.